quarta-feira, 29 de maio de 2013

Chef en cuisine # 37 - Bagels


A história do Bagel começa em 1683. O rei João III Sobieski da Polónia envia a cavalaria para tentarem recuar a invasão turca que se encontrava às portas de Viena. Para agradecer o rei por ter salvo a Áustria, um padeiro decide homenageá-lo criando um pão redondo com um orifício no centro, ou seja, a forma de um estribo, porque o rei era um excelente cavaleiro.
 Em austríaco, a palavra estribo pronuncia-se "beugel". E assim nasceu um novo tipo de pão.

No princípio do século XX, os imigrantes judeus da Europa do leste,(nomeadamente os russos), que foram para a América, levaram nas suas bagagens o Bagel. Este pequeno pão surge primeiro em Nova York, e depois em Chicago. Este torna-se rapidamente popular em todo o continente e é definitivamente adoptado pela população americana que o torna o seu pão de eleição.

Podemos encontrá-lo a cada esquina, este é vendido simples, aromatizado com sementes de sésamo ou de papoila, recheado com cebola frita, etc. Tão saboroso quanto prático, pode ser preparado de 1001 maneiras diferentes : creme e salmão fumado, salada e abacate, camarão e tomate...ou então em versão doce, creme de chocolate, doce de morango, compota de manga, basta ter imaginação. 
 
*Bagel*
 
Para a massa:
 
* 300g de farinha * 15g de fermento fresco de padeiro * 1 gema de ovo * 3 colheres de sopa de sementes de sésamo * 1 colher de sopa de azeite * 1 colher de café de sal * 1 colher de café de açúcar.
 
Modo de preparação:
 
* Dissolver o fermento em 15 cl de água morna. Numa taça grande misturar a farinha, o açúcar e o sal. Adicionar a água e o fermento e misturar, primeiro com uma espátula e em seguida com a mão até que a massa fique maleável e elástica.
* Fazer uma bola com a massa e coloca-la num recipiente untado com azeite. Untar igualmente a massa na sua superfície. Cobrir com um pano limpo e deixar levantar durante 1 hora num local abrigado das correntes de ar e que esteja a uma temperatura de 25ºC.
* Separar a massa em seis pedaços iguais e formar bolas. Aplanar ligeiramente e fazer um orifício com cerca de 5cm no centro com o polegar enfarinhado.
* Colocar ao lume uma panela com água e sal e deixar até fervilhar. Colocar os bagels 2 a 2 durante 2 minutos de um lado e 1 minuto do outro. Retirar da água e colocar sobre um pano para absorver o excesso de água. Colocá-los sobre um tabuleiro untado com azeite, e pincelá-los com a gema de ovo e polvilhar as sementes de sésamo no topo dos bagels. Pré aquecer o forno nos 190ºC e coloca-los no forno durante 25 a 30 minutos.
* Quando mornos, cortar os bagels em 2 e recheá-los com os ingredientes à escolha.
 
No meu caso utilizei uma pasta de pimentos vermelhos que comprei no Brio (sim, também tenho dias de preguiça, principalmente aos fins de semana, férias, feriados, horas vagas e tempos livres ;)), folhas de alface, tomate às rodelas e ovo cozido. Adoro Bagels, era capaz de me alimentar única e exclusivamente destes bicharocos, são tãaaaaaao bons.
::::::::::









::::::::::
Bon appétit!

33 comentários:

  1. Fiquei fascinada com este post.
    Bagel... tenho de experimentar.

    ResponderEliminar
  2. Yummy!
    Fiquei cheia de vontade de experimentar fazer :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então força! Depois quero ver como ficou :)

      Eliminar
  3. Que bom aspecto!! Acho que nunca comi um bom Bagel, também nunca fiz em casa mas acho que em NY é que se comem bons Bagels em qualquer esquina :) As fotos estão lindas!
    Bj S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os melhores bagels que eu já comi, é a mãe que os faz, os segundos melhores bagels que eu já comi, foi na Alsácia, são deliciosos :)

      Eliminar
    2. A serio na Alsácia!? Que giro não fazia ideia :)
      Bj S

      Eliminar
  4. eu adorooo bagels,
    só de ver as tuas fotos já estou cheia de vontade de trincar um :))
    devem ter ficado deliciosos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficaram tão bons, tão bons, que estou aqui a lembrar-me quando os saboreei e já estou a ficar com fome ;)

      Eliminar
  5. E assim se fazem umas "sandes" de bagel com um aspeto superrrr delicioso!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      Para o brunch de Domingo é o ideal, sabes quando acordas um pouco mais tarde e só te apetece ir para o jardim apanhar sol? Sabem mesmo bem :)

      Eliminar
  6. Ai como eu gosto de uma boa bagel!!Fica bem**

    ResponderEliminar
  7. Doyle,,,, e que sandes de bagel maravilhosas, eu ja fiz bagel... eu gosto de bagel... mas as tuas fotos... ohhhhh minha amiga nem que eu nao gostasse... eu passava a gostar mesmo porque tu encantas-me com as tuas fotos... que maravilha!!!

    *Desculpa a minha ausencia, mas eu esta semana ando amil á hora... espero para a semana as coisas ja estarem mais controladas!!!

    beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  8. Adoro!
    Associo à 5 Avenida, onde caminhando, encontras um vendedor em cada esquina para as fomes inesperadas.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Respostas
    1. Eu também adoro, era capaz de comer todos os dias :)

      Eliminar
  10. Hum, gosto tanto de bagels, de massa fofa :)
    Ficaram lindos os teus. Nunca fiz em casa, mas tenho imensa vontade!
    E de os comer assim, tão bem recheados e coloridos.
    Dá mesmo vontade!!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira vez que fiz, achei um pouco complicado, mas depois é uma questão de hábito.
      Beijinhos :)

      Eliminar
  11. Ainda bem que não vi isto à hora de almoço era capaz de dar uma trinca no ecrã!! Que aspeto delicioso :)

    Acho que daqui as uns dias vou vê-los a toda a hora... ;)

    R de Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa! Vais poder comê-los também ;)
      Eu daqui a uns dias também vou estar em contacto mais directo com bagels ;)

      Eliminar
  12. Oh minha linda, tu só comes isso na hora de almoço? Xiçaaaa! Comes tão pouco! Ou então, eu é que como muito! L0L
    Mas sim, desde que optei por isso, que me sinto muito melhor. :)

    Um beijinho Grandeeeee****

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol
      Sim, ao almoço só como uma sopa e fruta. É uma questão de hábito. Não consigo fazer refeições muito pesadas, depois fico com sono ;)

      Eliminar
  13. querida Doyle, é uma excelente ideia! ele adora animais. A escola está a acabar, era uma boa altura para se começar. Já sei que a miúda vai querer fazer também!

    ResponderEliminar

Comentários? Só se forem inteligentes ou pertinentes, se não for o caso...NEXT!