segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Detalhes de um fim de semana cinzento

 
Não gosto de pessoas nem de locais estupidamente empertigados ou pretensiosos. Quem me conhece, diz de mim que tenho uma forma "nonchalante" de estar na vida. Para alguns pode parecer desinteresse ou desapego, quando no fundo, é apenas gostar de ter tempo de saborear o momento presente. Tenho um olhar distante porque estou constantemente a sonhar, falo calmamente, porque não tenho pressa, e o meu maior prazer na vida é ficar junto ao meu mar, o olhar perdido no horizonte sem ter de contar as horas. E assim se passa um fim de semana, ao ritmo das ondas do mar e ao som das gaivotas. Este é o meu mundo.
 
 







 
Graffiti art, a paisagem urbana também tem os seus encantos.





12 comentários:

  1. fotos lindas! adorei. (e gostei de conhecer um pouco mais de ti!)

    ResponderEliminar
  2. Fotos muito giras ;)

    http://semjeitonenhum.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. É essa serenidade que procuro constantamente. Vivo a mil, mesmo quando não tenho sítio nem horas marcados, estou sempre a olhar para o relógio, a contar o tempo, a engasgar-me e a interromper-me a mim própria... O oposto de ti portanto :P Mas com o tempo, e com o amadurecer, vamos aprendendo a acalmar... E acho que já estou no bom caminho ;)


    estenaoeumbloguedemoda.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos nós temos um antes e um depois. Eu "antes", também tinha sempre pressa para tudo, e um dia acordei para a vida e foi aí que começou o "depois".
      Vivo tudo muito intensamente, continuo a ser impulsiva, mas muito mais serena :)

      Eliminar
  4. Temos isso em comum, porque das coisas que mais gosto de fazer na vida é ver o mar e estar perto dele!

    ResponderEliminar

Comentários? Só se forem inteligentes ou pertinentes, se não for o caso...NEXT!